quinta-feira, 4 de abril de 2019

Padre queima livros!

O padre polonês Rafal Jarosiewicz, responsável pela queima de livros de Harry Potter e da saga Crepúsculo (Twilight) por considerá-los profanadores e incentivarem a feitiçaria, pediu desculpas nesta quarta-feira (3) pela ação que gerou uma onda de críticas dentro e fora da Polônia.




"Queimar os livros e outros objetos foi um ato infeliz", declarou o padre Rafal Jarosiewicz na página do Facebook da fundação SMS of the Skies, que organizou a cerimônia de destruição.
"Não foi uma questão de zombar de qualquer grupo social ou de qualquer religião e não visava aos livros ou à cultura. Se alguém entendesse meu ato assim, peço sinceras desculpas", escreveu o padre.
Rafal Jarosiewicz e dois outros padres católicos queimaram em público no domingo, em Gdansk, no norte da Polônia, os livros das famosas sagas infanto juvenis por considerá-los sacrílegos. O episcopado polonês reconheceu os fatos.
Segundo Jan Kucharski, exorcista e sacerdote da paróquia de Nossa Senhora Mãe da Igreja em Gdansk (nordeste), "não se tratava de queimar livros, mas de objetos associados à magia e ao oculto".
Além dos livros, havia objetos como amuletos e talismãs trazidos pelos fiéis, além de máscaras e até uma sombrinha da Hello Kitty. A publicação original com as imagens foi deletada.
Já pensou se essa onda pega!


sábado, 30 de março de 2019

Aniversário de Salvador

Comemorado no dia 29 de março, data em que foi fundada, em 1549, por Tomé de Sousa, governador-geral do Brasil.
Na sua fundação, a capital da Bahia, recebeu o nome de São Salvador da Bahia de Todos os Santos. Isso porque a primeira expedição exploratória chegou no dia 1º de novembro, dia de Todos dos Santos.
Depois disso, por ocasião da sua fundação, o rei de Portugal mandou fazer uma homenagem a Jesus Cristo, de modo que ao nome se juntou São Salvador.
Além de primeira cidade do Brasil, foi em Salvador também onde se constituiu a primeira sede da administração colonial portuguesa do nosso país, assim considerada a primeira capital do Brasil até 1763, quando a mesma foi transferida para o Rio de Janeiro.
Conhecida principalmente pelo Carnaval e pela sua gastronomia com influência africana, Salvador comemora o seu aniversário com música e muitos eventos culturais variados, tal como feiras de arte e exposições.
Conforme estimativa de 2017 do IBGE, Salvador conta com uma população de quase 3 milhões de habitantes, sendo uma das mais populosas do país. Dentre os principais pontos turísticos da cidade têm destaque o Pelourinho, o Elevador Lacerda, o Farol da Barra, a Basílica Nosso Senhor do Bonfim, dentre outros.
Imagens ilustrativas do Google
De cima, em sentido horário: o Largo do Pelourinho com a Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos; vista do Elevador Lacerda a partir do ComércioFarol da Barra; o Centro Histórico visto da Baía de Todos os Santos; monumento aos heróis das batalhas da Independência da Bahia e panorama da Ponta de Santo Antônio e do bairro da Barra.
                               Venham conhecer as maravilhas que Salvador tem a oferecer!



https://www.calendarr.com/brasil/aniversario-de-salvador/

sábado, 29 de setembro de 2018

Tem novidades na Bienal de livros no Rio de Janeiro


Pavilhão infantil, espaço voltado à filosofia e negócios e nova área para pequenas editoras estão entre as inovações!


Rio - A 19ª edição da Bienal Internacional do Livro Rio está cheia de novidades. Em 2019, a bienal acontecerá de 30 de agosto a 8 de setembro no Riocentro, Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, com a missão de "incentivar o hábito da leitura para mudar o país". Entre as novidades estão novos espaços e conteúdos inéditos para seus diversos públicos.
"A Bienal é um sucesso, um momento mágico de interação entre os visitantes, as editoras e os autores. E, para mantermos esse encantamento, estamos sempre investindo em inovação, atentos às novidades e transformações tanto do mercado, quanto da sociedade. Em 2019, o objetivo é oferecer várias bienais dentro de uma, com espaços bem definidos para cada perfil de público", afirmou Marcos da Veiga Pereira, presidente do Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL).
Na próxima edição, as novidades serão percebidas logo na chegada. Em vez de entrar direto na área de exposição, como nas edições anteriores, os visitantes irão acessar o evento pelo Pavilhão das Artes, que hoje abriga a maior exposição permanente indoor de arte de rua da América Latina. "É um local inspirador, dedicado à promoção da arte e da cultura. Absolutamente conectado com o universo da Bienal", destaca Tatiana Zaccaro, diretora da Bienal, acrescentando que priorizar a experiência do público é primordial. Por isso, haverá maior aproveitamento das áreas externas do Riocentro, como jardins e lagos.
Ao entrar na galeria de arte, os visitantes se dividirão de acordo com seus interesses, já que a planta do festival foi redesenhada para concentrar atividades, expositores e patrocinadores afins em um mesmo ambiente. Desta forma, a comunicação das marcas será ainda mais eficiente e a interação com os visitantes, mais produtiva. "Vamos trabalhar com categorias muito bem segmentadas, seguindo a lógica de criar uma bienal para cada um. Para as crianças, por exemplo, teremos o pavilhão infantil", revela Tatiana.
Dentro desse pavilhão, com mais de 10 mil m² inteiramente dedicados às crianças, estarão editoras de livros infantis, atividades lúdicas e atrações para toda a família, além de fraldário e um ambiente de alimentação especial focado nos pequenos. A área das atividades para esse público ocupará 500m², a maior dentro da programação cultural da Bienal.
Outras novidades serão um espaço dedicado à filosofia e negócios, onde se encontrará tudo sobre a nova literatura voltada para melhorar a qualidade de vida, e uma nova área para as pequenas editoras. O já tradicional Fórum de Educação – com programação voltada para educadores e professores – será ampliado para valorizar e promover a integração entre esses profissionais e oferecer capacitação profissional, além de proporcionar novas oportunidades de relacionamento para as editoras do segmento se aproximarem do seu público-alvo.
Esse é só o começo, pois outros ambientes e ações ainda estão sendo desenvolvidos pela comissão e curadoria da Bienal Rio.
Café Literário e Arena Jovem
Em 2017, com mais de 300 autores e convidados, divididos em 360 horas de programação cultural e 190 sessões, a Bienal Internacional do Livro Rio se firmou como uma verdadeira experiência cultural para toda a família. Em sua 18ª edição, o maior evento literário do país bateu recorde de público e recebeu 640 mil visitantes, superando a estimativa inicial de 600 mil. Em pesquisa realizada no final do evento, 93% das pessoas disseram que voltariam na próxima edição.

Para 2019, a direção da Bienal garante que Café Literário e a Arena Jovem serão mantidos. Na última edição, a procura pelo local dedicado aos debates de interesse dos jovens cresceu 344%, com o aumento da capacidade de 90 para 400 lugares de 2015 para 2017. A variedade de temas das mesas propostas para o Café Literário também agradou bastante e a atividade recebeu um público 25% maior que na 17ª edição.


Publicado em O Dia

terça-feira, 15 de maio de 2018

Uma história de perseverança e determinação!

                         Após 65 anos ele resolve estudar e se forma aos 79 anos em história!


Seu Valdir superou a pobreza e a doença da mulher e conquistou diploma universitário!


Rio - Essa é daquelas histórias que servem de incentivo para quem acha que seus objetivos são muito difíceis de alcançar. De família pobre e desde cedo trabalhando duro em várias funções para sobreviver (atuou em lapidação, em gráfica, foi motorista e carregador), Valdir de Lima não teve tempo de estudar. Por causa disso, manteve-se sem saber ler e escrever até os 65 anos de idade.
Isso não impediu que se apaixonasse pela carreira de História (Veja um vídeo sobre o curso). "Foram minha mulher e meus filhos que me ajudaram a ler. Comprava jornais, revistas e livros e ficava encantado com a história das pessoas, dos lugares", conta ele. Aos poucos, foi aprendendo mais com as aulas do Telecurso 2000. "Sou autodidata", orgulha-se.
Resolveu ir mais longe. Fez o Ensino Médio e depois matriculou-se no curso de História da Universidade Estácio de Sá. Por 8 anos, dividiu o tempo entre a sala de aula da universidade e o quarto de hospital onde sua mulher estava internada. Ela teve que tirar um rim e acabou falecendo, depois de uma convivência de 56 anos. Mesmo sem sua maior incentivadora ao seu lado, Seu Valdir continuou os estudos.
Como resultado, Seu Valdir se formou historiador no fim de março, aos 79 anos, sob aplausos dos colegas mais jovens. "Levantar aquele canudo foi libertador", desabafou Valdir.

Cristina Danuta

segunda-feira, 1 de janeiro de 2018

Como Ler a Bíblia em Um Ano

Olá meus queridos ,um feliz ano novo a todos!!
Que Deus abençõe grandemente todos vocês!!!
E nada melhor do que buscar a Deus, tê-lo como centro das nossas atenções em todos os sentidos das nossas vidas!!
Portanto você que não conseguiu ler a bíblia toda,sempre tem algo que atrapalha,não consegue obter uma leitura diária,aqui vai algumas dicas para você,espero que sirva e goste!!
Um ano é um período mais que suficiente para se ler a Bíblia, independentemente do motivo (devoção, cultura ou algo mais pessoal). Antes de começar, pare e pense em como quer cumprir a tarefa. Você pode fazer a leitura sozinho ou em grupo; ler uma ou várias traduções diferentes; ler com ou sem comentários ou contextualização etc. O importante é manter o ritmo e avançar aos poucos.

                                      Planos de leitura bíblica

A bíblia é um livro grande, composta de 66 pequenos livros. Então para conseguir lê-la toda em um ano, você precisa se planejar.  Você sabe quantos capítulos tem a bíblia?
Exatamente 1189, então, a primeira tarefa é dividir isso para cada dia do ano, ou seja:
1189/365 = 3,2
Você deve ler, em média 4 capítulos da bíblia, TODOS OS DIAS, para concluir sua tarefa.
Agora, o certo é que alguns capítulos são enormes, e outros pequenos. Alguns são fáceis de ler, outros super difíceis. Então a dica é:
Alterne sua leitura. Leia, por exemplo, dois capítulos do Velho Testamento, e dois capítulos do Novo Testamento, todos os dias.
Tenha em mãos um caderno para ir anotando os capítulos do dia, tipo:
Dia 1/1 –  Gênesis 1 e 2

Tenha um dicionário em mãos:

Leia a bíblia com um dicionário em mãos – isso será muito útil no caso de você encontrar alguma palavra mais complicada de entender. Se você é como eu, do tipo que não tem medo de rabiscar e colorir tudo, então anote a tradução da palavra em
um cantinho da própria página da bíblia. Assim você sempre terá em vista.

Crie um caderno de anotações:

Outra dica legal é ter um caderno de anotações. Sim, juntamente com sua bíblia, tenha um caderno onde você irá anotar todas as principais dúvidas que teve ao ler determinado trecho.
E depois busque alguém que possa lhe ajudar a entender. Seja seu pastor, algum cristão sério na sua igreja, ou mesmo um grupo no Facebook cujo propósito seja estudar mais a Palavra de Deus (no final do artigo lhe indicarei um).

Use o bom senso e contextualize as situações:

Nem sempre você encontrará respostas claras em relação à Palavra de Deus. E é exatamente por isso que temos tantas denominações diferentes:
– presbiterianos
– metodistas
– batistas
– assembleianos
Todos pregam o mesmo evangelho, estudam o mesmo livro, mas possuem visões diferentes. Então, a dica é: conheça a vontade básica de Deus e aplique em sua vida cotidiana.
Sim… o maior objetivo da bíblia é ajudar você a resolver questões do dia a dia, na sua vida diária, então, nada melhor do que conhecer as bases cristãs e aplicá-las ao seu cotidiano. Quais são os dois principais fundamentos bíblicos?
– Amarás teu Deus acima de todas as coisas
– Amarás a teu próximo com a ti mesmo

http://mulhersabiaevirtuosa.com/como-ler-a-biblia-em-um-ano-e-entender/

                                                     



segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Lançamento de filmes ,neste mês de dezembro!

Olá pessoal que não perde uma estréia no cineminha,segue aqui uma lista de lançamentos para vocês curtirem neste mês de dezembro


07 de dezembro



14 de dezembro




21 de dezembro


25 de dezembro

  • O Rei do Show de Michael Gracey - Com Hugh Jackman, Michelle Williams

28 de dezembro





http://www.adorocinema.com/filmes/agenda/mes/

terça-feira, 3 de outubro de 2017

Nova novela da Globo, “Orgulho e Paixão” será inspirada em quatro livros de Jane Austen

                                     Alessandra Negrini será Suzana em “Orgulho e Paixão”

“Orgulho e Preconceito” não será a única obra de Jane Austen que Marcos Bernstein tomará como base para “Orgulho e Paixão”. O autor também usará outros três livros da escritora britânica para criar os núcleos paralelos da trama, que substituirá “Tempo de Amar” na Globo.
De acordo com a colunista Patrícia Kogut, um desses títulos será “Lady Susan”. O texto, original de 1794, foi a fonte de inspiração de Bernstein para criar Suzana, vilã interpretada por Alessandra Negrini. Empregada de Julieta (Gabriela Duarte), uma mulher que enriqueceu por meio do cultivo de café, Suzana sente uma inveja doentia da patroa e fará de tudo para chegar onde ela chegou.
As outras duas obras em questão, conforme já divulgado pelo RD1, são “Razão e Sensibilidade” e “A Abadia de Northanger”. Da primeira, o novelista retirou a personagem Mariana (Chandelly Braz), jovem romântica, ingênua e também algo espevitada, que será vítima de uma grande desilusão amorosa.
Por falar em “Orgulho e Paixão”, o folhetim já teve sua data de estreia definida pela Globo: será em 13 de março de 2018, uma terça-feira. Dessa forma, “Tempo de Amar” deverá ter seu último capítulo exibido na segunda-feira anterior, dia 12, assim como aconteceu com “Novo Mundo”.
Nathália Dill e Thiago Lacerda protagonizarão a história, acompanhados de atores como Vera Holtz, Tato Gabus Mendes, Ary Fontoura, Chandelly Braz, Mariana Rios, Isabella Santoni e Maurício Destri.

Publicado no RD1